Como montar um funil de vendas

Quem visita o seu site pela primeira vez já está pronto para comprar o seu produto? Dificilmente... Ele ainda precisa criar confiança na sua empresa, comparar com outras soluções e amadurecer a escolha, até tomar a decisão final.

Ao entender que o consumidor precisa passar uma jornada até a compra, as empresas passaram a trabalhar com uma ferramenta chamada de funil de vendas.

Você ainda não sabe o que é isso? Então acompanhe este post para saber o que é e como montar um funil de vendas para conquistar mais clientes na sua empresa!

O que é um funil de vendas?

Funil de vendas é uma das principais ferramentas do inbound marketing, cuja proposta é atrair os consumidores e acompanhá-los em toda a sua jornada.

Para entender melhor, pense no formato de um funil, com uma boca larga que se afunila no fim. Basicamente, é isso que acontece com os clientes da sua empresa.

No início (topo do funil), várias pessoas estão interessadas, acessando seu site ou blog. Mas apenas algumas delas estão realmente a fim do seu produto (meio do funil). E, ao final (fundo do funil), poucos se tornam clientes.

É importante entender que as vendas envolvem essas etapas, pois quem está no topo do funil ainda não está pronto para comprar. É somente lá no fundo do funil que o lead deve receber uma abordagem de venda, já que demonstrou interesse e potencial para se tornar um cliente.

Como montar um funil de vendas para a sua empresa?

Saber montar um funil de vendas é essencial para criar um processo bem estruturado, que toda a equipe possa absorver e atuar com produtividade. Veja agora as nossas principais dicas:

Crie conteúdos para cada etapa

Conteúdo é o combustível do funil de vendas. É ele que faz o consumidor ser atraído pela empresa e amadurecer sua decisão. Mas, para que esse progresso aconteça, você precisa criar materiais específicos para cada etapa, já que elas despertam diferentes dúvidas e necessidades — e o seu conteúdo deve ajudar a resolvê-las.

Defina os gatilhos de conversão do lead

Ao longo do funil, o visitante do site se transforma em lead, e o lead vira cliente. Você precisa definir, então, quais gatilhos desencadeiam essas conversões que fazem o consumidor evoluir. Por exemplo, quando ele baixa um e-book, está demonstrando um interesse maior, e já pode ser tratado como lead.

Automatize a nutrição de leads

Uma das intenções do funil de vendas é tornar a aquisição de clientes um processo escalável. Para isso, é essencial automatizar algumas ações, como o envio de e-mail marketing para nutrir os leads, o que otimiza os esforços da equipe.

Respeite o tempo do cliente

Cada cliente tem o seu tempo para amadurecer no funil. Portanto, você precisa não só conhecer o ciclo de vendas do seu produto, mas também compreender o comportamento de cada lead, para realizar as abordagens nos momentos certos.

Integre as equipes de marketing e vendas

No momento em que o lead está pronto para comprar, o marketing passa o contato para a equipe de vendas. Essa transição, então, deve acontecer de forma integrada, para não haver nenhuma quebra no relacionamento e não frustrar a expectativa do consumidor.

Para montar um funil de vendas, entenda que tudo é uma questão de compreender o seu cliente e oferecer o que ele precisa em cada momento da jornada. Assim, ele cria confiança na sua empresa e tende a tomar a decisão certa.

Entendeu o que é e como montar um funil de vendas? Se restou alguma dúvida, deixe um comentário para que a gente possa ajudar!

Gostou deste conteúdo?

Você também pode gostar de:

Marketing Digital
Marketing Digital | Chame no Whats (15) 99862-8937
Ver Mais
Marketing Digital
Colocar Site no Google
Ver Mais
Cliques Pagos
Remarketing
Ver Mais